PDF

Maio de 2019

 

loading...

Escola Viva

loading...

Em direto

loading...

Ciência e Tecnologia

loading...

Juiz de linhas

loading...

Verso & Reverso

loading...

Artes & Letras

loading...

(Re)leituras

A curiosidade, instinto de complexidade infinita, leva por um lado a escutar às portas e por outro a descobrir a América; mas estes dois impulsos, tão diferentes em dignidade e resultados, brotam ambos de um fundo intrinsecamente precioso, a atividade do espírito. (Eça de Queirós)

A A A

Como caraterizar a vida no interior? Ar puro, ambiente, saúde, calma, poupança, segurança, satisfação, cultura, educação e, por tudo isto, qualidade.

Interioridade é um conceito frequentemente encarado de forma negativa. Por isso, quando há interesse em abordar o tema, omitem-se as suas vantagens. Se tivermos em conta o número reduzido de pessoas que vive no interior em relação à população total do país, podemos dizer que, dessas desvantagens e defeitos enumeradas pela maioria, poucas são as que são apontadas por pessoas que realmente experimentaram os efeitos de viver fora do litoral. Não conhecem bem o interior e, por isso, o estereótipo criado acerca destas regiões é, muitas vezes, falso.

É nas grandes civilizações que se vive a vida ao máximo. Constituem o sítio ideal para os ávidos de cultura, conhecimento, dinamismo e evolução.

Será eterna a discussão sobre qual o melhor sítio para viver: se nas serenas localidades do interior, se nas dinâmicas metrópoles. Viver nas grandes cidades do litoral tem, como tudo, algumas desvantagens que são, no entanto, irrelevantes em relação às inúmeras vantagens que traz. São o coração de todos os países, e Portugal obedece à regra, onde tudo acontece e a qualidade de vida atinge o seu auge.

Este ano voltei a participar no concurso Pmate, e adivinhem… fui a Aveiro!

 

Moodle Appliance - Powered by Solemp