A A A

No dia 10 de Maio subiu ao palco do Teatro Municipal de Bragança a peça “Sonho de uma noite de Verão” de William Shakespeare representada pelo Grupo de teatro da escola, numa atuação hilariante que fez as delicias do público com os seres élficos, mitológicos e terrestres cuja relação resultou numa deliciosa mistura entre a magia e o real.

Surpreendido com tantas "crianças insufladas" num espetáculo pensado para encantar os mais pequenos com a magia da poesia, Pedro Lamares, "O Fraseador", prendeu o público nas malhas das palavras que ia apanhando nos livros que salpicavam o cenário e contribuíam para o ambiente mágico que assinalou o Dia Mundial da Poesia, no Teatro Municipal de Bragança.

A Companhia do Chapitô apresentou, no dia 2 de Novembro, a tragédia Macbeth de Shakespeare no teatro municipal de Bragança.
Com apenas três actores, os figurinos reduzidos a três kilts e três microfones a cumprir também o papel de adereço, a tragédia é transformada em comédia.

Nos passados dias 9 e 10 de maio, o Grupo de Teatro da nossa Escola apresentou a peça “Diários de Adolescentes”, na qual era retratado um pouco da vida dos jovens no quotidiano. Tratou-se de uma peça repleta de ensinamentos e simbolismos, que a tornaram extraordinária.
A reação do público foi singular! Todos captaram a ideia: o segredo de uma pessoa não é mais importante que o segredo que qualquer outra pessoa possa ter. Apesar das divergências, somos todos iguais e devemos respeitar-nos para que possamos viver em harmonia.
Para além de ter sido muito gratificante fazer parte do elenco deste espetáculo, também serviu para que nós, estudantes, refletíssemos sobre certas atitudes que temos no dia-a-dia e aumentássemos o nosso leque de amizades.
Como finalistas, sentimo-nos tristes e nostálgicos por esta etapa ter terminado. Pode não ser o nosso último ano no grupo de teatro, mas será o último como estudantes da Escola.

O auditório principal do teatro de Bragança encheu para receber Argan, o protagonista da peça “ O doente imaginário”(Le Malade imaginaire),de Moliére, numa adaptação da companhia “Teatro de São João”.

 

Moodle Appliance - Powered by Solemp